Bullying (é assim que escreve?)

1 05 2011

Eu guardei a melhor parte do texto pro final.

Atualmente tem se falado muito sobre Bullying.
“Temos que acabar com o Bullying!”
“Campanha anti-Bullying!”

As pessoas agora resolveram dar importância a algo que acontece desde…
Sempre!
Bullying sempre existiu, e que ninguém se iluda, sempre existirá.
Mas a grande verdade, é que essa súbita preocupação tem um motivo bem simples. Tecnologia! Agora, uma zoação de escola pode virar um assunto global. Basta um vídeo ou uma foto na internet e pronto. A zoação irá atrevessar as barreiras da geografia e do idioma. E ninguém quer que o seu filho vire uma piada mundial. Ou que o resto do mundo o considere um pequeno carrasquinho desalmado. Não o meu filhinho querido!

É bem impressionante a reação das pessoas diante das notícias de Bullying. O adulto vê o vídeo e diz: “Meu Deus! Como eles foram capazes de fazer isso?!”
Pro caralho! Vai dizer que na sua época isso também não acontecia? A única diferença é que agora, nós temos tecnologia! Nós podemos compartilhar nossas atrocidades com o mundo. Não me entenda mal, por favor. Quando eu digo nós, estou me referindo a minha geração.

As pessoas se chocam, quando sabem muito bem que crianças e adolescentes sabem ser cruéis. Isso é um fato. Elas se chocam porque são estúpidas. A maioria das pessoas tem uma concepção ridícula das crianças. Acham que são seres puros. Mas eu tenho um fato pra essas pessoas. Crianças são humanos! E humanos são cretinos / babacas / filhas das putas por natureza! Ou você acha que o Hitler era “puro” quando era criança? Claro que não! Ele já era o capeta naquela época. Uma pequena sementinha do mal.


As crianças são os futuros adultos, logo, elas exibem desde cedo comportamentos que levarão por toda a vida. E no mundo em que a gente vive, as crianças são condicionadas desde cedo a aderir um comportamento excludente. É passado pra elas: “Se é diferente, deve ser segregado e esculachado.” Não sei se isso é culpa do tipo de sociedade em que vivemos ou se é um comportamento inerente do ser humano. Realmente não sei. Só sei que é assim.
E a nossa sociedade competitiva ensina: “Destrua antes que você seja destruído. Humilhe antes de ser humilhado.” Simplesmente, ataque antes.
Então como não esperar que as crianças sejam “más” umas com as outras?

Porém, o mais impressionante, é que as pessoas resolveram se juntar e criar uma maldita cruzada anti-bullying. Que palhaçada! Fala sério! Sem falar na hipocrisia que rola. Agora, repentinamente ninguém mais zoa ninguém. Ninguém nunca zoou ninguém. Ninguém pode mais zoar ninguém. Porque é bullying!
Toda sala de aula tem um gordinho, ou um magrelo, ou alguém que é burro pra cacete por ser vagabundo, ou por te dificuldades de aprendizado, ou um nerd esquisito. A verdade é que 99% das pessoas já estiveram dos dois lados da questão. Já foram agressores e já foram vítimas. O problema é que sempre acontece de ter alguém que pende demais para um dos lados. Pra que isso não aconteça, o que se pode fazer é educar bem o seu filho, lhe dar valores (decentes, do tipo “ninguém é melhor do que ninguém, apenas diferentes”). E é claro, ensiná-lo a se defender. O que é muito importante. A lição mais importante que uma pessoa pode dar a outra. E ainda tem Pais, que não ensinam isso pros seus próprios Filhos. Lamentável!

*Aqui fica uma parte muito especial deste texto. Destinado especialmente para vitimas de bullying. Se você é uma vitima de bullying leia e reflita. Se se você conhece uma vitima, leia e passe pra ela, assim ele saberá como deve agir. E finalmente, se você conhece alguém que comete bullying, leia e conte a ele o que pode acontecer.*

Caso você sofra na mão de algum colega de escola, aqui estão duas medidas muito simples que você pode tomar pra resolver a situação.

1- Reaja!
Se alguém te zoa, zoe ele também! Mas tem que ser feito direito. Você deve se portar como um verdadeiro profissional e analisar a pessoa em questão. Quando você descobrir o ponto fraco…Bingo! É aí que você ataca. Sempre!
Outra medida muito boa é zoar a si mesmo. Assim perde um pouco da graça pros outros te zoarem. Porém, só dá pra tomar essa medida quando a zoação não é muito pesada e humilhante.

2- Retalhação! – THIS IS SPARTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!
PORRAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mas se a situação estiver pesada demais e apenas zoar o agressor não é o suficiente, parta para o lado físico da questão. É porrada no meliante! Eu sei que aqui a vitima de valentões perde a fé no meu texto. Mas calma. Eu vou ensinar o passo-a-passo pra que dê tudo certo.

O que você deve fazer é o seguinte:
Primeiro de tudo você deve chamar a atenção de uma “autoridade”. O professor, o coordenador, ou o diretor. (O zelador não serve. Esse vai acabar fazendo merda.) Essa “autoridade” deve presenciar toda a ação.
Como exemplo prático eu vou ensinar como agir na sala de aula. Sinta-se livre pra mudar uma coisa ou outra. A vingança é sua. É a sua satisfação que importa.
No meio da aula chame o professor. Quando ele olhar pra você, simplesmente levante e vá até uma carteira vazia. Em seguida, pegue essa carteira e vá até o seu valentão. O resto é natural. Acerte a cabeça do desgraçado com toda a força que você tiver!

Como você percebeu, eu estou te ensinando a fazer merda. Então você deve estar em dúvida sobre o porquê de eu te mandar chamar a atenção do professor. Muito simples, jovem gafanhoto. O professor, na verdade, irá te salvar! Valentões geralmente agem em grupo pra atacar o mais fraco. Então pra não rodar na mão daqueles que você não puder acertar com a cadeira, você faz o professor ver tudo. Assim ele te leva pra sala do diretor. Daí você explica a situação pro diretor. Dificilmente ele irá te entender. Talvez até entenda, mas não te dará a razão. Afinal, dar uma cadeirada na nuca de outro cara é foda! Ele chamará os seus pais e os pais do meliante na escola. Você explica a situação pros seus pais. Os pais do meliante não vão acreditar em você. Mas os seus pais irão.
Concluindo,
você vai passar uns dias de bobeira em casa, devido à suspensão que vai tomar, curtindo o gosto de ter dado com a cadeira na cabeça do infeliz que te importunou tanto.

Obs: Não faça isso perto das provas. Pra não perde-las devido à suspensão.

Guru Nanás;
semeando sabedoria!


Ações

Information

7 responses

6 06 2011
celso

Eu conheço a lingua portuguesa, e a falta de orgulho de ter que copiar palavras de outros idiomas para coisas que sempre existiram e quando SE cai em cima de algo ninguém consegue mais se levantar. A VERDADE É TUDO QUE SE DÁ MUITO VALOR, MAIS VALOR IRÁ CRIAR. como derrepente todo mundo se transformou em pedófilo e não se fala em outra coisa.

20 06 2011
Gabriel Pereira

faltou voce falar na parte de não ligar, porque se alguma vez voce mostrar que não gosta da zuação, pronto, fudeu, eles vão te zuar porque esse é o objetivo da zuação. outra coisa, a parte de que só estão falando agora, é verdade mesmo ainda mais por causa da treta de realengo, colocaram a culpa no bullying e pronto. passei a vida inteira gastando os outros mas nada que passasse dos limites, mas eu ESPERO que nenhum desses que eu gastei volte ao meu antigo colegio e mate inocentes

21 09 2011
maria

eu acho o bullying uma coisa muito feia , então vamos lutar para q isso não aconteca !!!!!!!!!!!“DIGA NÃO AO BULLYING“

4 12 2011
rebecapequena@terra.com.br

Nossa quanta coisa você ensinou pelo amor cara que palhaçada é essa pelo o que você escreveu é a favor do bullying? Sinal que quando era criança praticava bullying, sinceramente não ajudou em nada o bullying tem que acabar e já era!!!!

7 02 2012
hugo

muito bom

8 11 2012
joao pedro

temos que acaba com o bullying porque eu eu o que passa as pessoas que sofrem esse tipo de coisa e eu sou umas delas(e)

1 02 2013
Suéllen

Eu sofro bully e desta vez passo dos
limites e não vo deixa parato cansei de
ouvir e fica queta fiz B.O na delegacia aqui da minha
cidade e agora vai pro forum i la quero ver este vagabundo prova que eu sou o que ees falarão só pq sou queta no meu canto eu encomodo eles de Deus quiser vão pagar todos

DIGA NÃO AO BULLYING PESSOAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 270 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: